Repouso

Faça repouso, sem mais.

Programe-se! Com antecedência você poderá escolher um período em que possa ter alguns dias de folga no trabalho e alguém que possa lhe acompanhar neste primeiro período. Converse com o dentista e peça a ele uma prévia de tempo para o seu caso.

RM-3

Comece por não dirigir quando sair da cirurgia, é recomendado que o paciente mantenha repouso até o quarto dia pós intervenção, sem atividades esportivas ou esforços físicos e exposição ao sol.

Mesmo que alguns profissionais digam que após a cirurgia, o paciente poderá voltar normalmente às suas atividades corriqueiras, é preciso lembrar que intervenção cirúrgica nenhuma está livre de complicações, trata-se de um procedimento invasivo com auxilio de anestesia no local e incisões. O melhor a fazer é ter paciência, resguardar-se por um curto período e garantir um bom resultado.

Em geral, repouso absoluto é importante somente nas primeiras 48 horas e a recuperação também será rápida, em média 7 dias após o procedimento o paciente volta a sua rotina normal. Não custa fazer uma pequena parada para não ter problemas mais tarde.

Cada procedimento varia conforme o paciente e a que método foi submetido, pode ser uma cirurgia simples com anestesia local ou algo mais invasivo que precise ser realizado em ambiente hospitalar e anestesia geral. Independente disso, a cirurgia deverá ser feita, obrigatoriamente, por um profissional especialista.

Da habilidade do profissional também depende o tempo de recuperação do paciente, além é claro, da saúde do paciente e de hábitos como fumar e beber. O paciente que fuma tende a ter cicatrização mais lenta, e isso independe da extensão do procedimento realizado. As dores também devem ser menos persistentes em pacientes mais regrados que seguem as orientações que terão, consequentemente, uma cicatrização mais segura e rápida.