Fumo e Álcool

Não fume e nem beba álcool

Fumar e beber são hábitos que devem ficar suspensos no período pré e pós cirúrgicos. Será aberta uma ferida na boca que precisa cicatrizar e estes produtos de consumo possuem substancias tóxicas que penetram na mucos da boca e interferem na recuperação e podem causar inflamações, infecções graves na área e até necroses das extremidades dos tecidos. E a bebida, além disso, pode interagir com a medicação e causar efeitos colaterais e desidratar sistemicamente o organismo diminuindo a resistência fisiológica.

parar_de_fumar_sem_engordar

Aliás, o fumo e o álcool são prejudiciais ao sistema digestivo agindo como agente irritante do tecido mucoso que reveste o aparelho.

Aliás, em procedimentos cirúrgicos em geral, fumantes têm entre 12% e 20% mais chances de enfrentar problemas, este risco aumente se os hábitos forem mantidos no pós cirúrgico. Indica-se que o paciente pare de fumar um mês antes do procedimento até, pelo menos, a retirada dos pontos.

Cigarros, cachimbos e charutos, além de promoverem a elevação da temperatura dos tecidos em contato com a fumaça produzida por eles, os elementos químicos componentes retardam a coagulação e podem promover a perda do coágulo sanguíneo que protege o alvéolo logo após a exodontia, podendo levar a mesma a um quadro infeccioso.

Se todas as orientações forem seguidas corretamente a recuperação será tranquila e sem maiores complicações te deixando rapidamente pronto para voltar a rotina normal.

O ideal é de que o paciente volte ao consultório sete dias após a cirurgia para remover os pontos. Deixar os pontos na boca pode resultar em retenção de resíduos e com isso bactérias que dificultam a cicatrização arriscando a saúde dos demais dentes. Tenha sempre em mãos o telefone de seu médico, em caso de dúvidas entre em contato.

Lembre-se que: Pessoas que fumam ou que bebem têm 80% mais chances de desenvolver câncer de boca, faringe e traqueia, segundo a OMS.